Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Animus Semper

Associação dos Antigos Alunos dos Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco

Talvez surpreendente!

21.01.19 | asal

Recolhi de "7Margens" este texto muito elucidativo. Pessoas que pensam e se reunem para pensar Filosofia, Literatura, Espiritualidade... Bonito!

“Pensar incomoda como andar à chuva” (Alberto Caeiro)

Esta  afirmação do heterónimo de Fernando Pessoa é desmentida pela Comunidade da Capela do Rato que, longe de se sentir incomodada, há quatro anos tem aderido entusiasticamente à proposta de diversos cursos onde se cruzam a filosofia, a literatura, a teologia e a espiritualidade.

Quando o padre Tolentino Mendonça, em 2016, me propôs a organização de um curso em que se pudesse falar de filosofia de modo a interessar um público  de “leigos”, achei que haveria um número razoável de  pessoas a aderir a esta iniciativa. A minha experiência em cursos deste tipo realizados na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa tinha sido positiva. Conhecendo muitos dos membros da Capela, pensava que seria fácil reunir uma vintena de pessoas que regularmente assistissem a sessões semanais. Com o dinamismo de uma equipa de excelência, ultrapassaram-se muitos obstáculos quanto à gestão e organização do curso. E manteve-se a exigência inicial de se abordarem assuntos complexos de um modo acessível, pois os auditores eram pessoas cultas mas sem formação filosófica.

No meu espírito esteve sempre subjacente o conselho de Ortega y Gasset para quem “A clareza é a cortesia do filósofo”. E procurei amigos “corteses” que amavelmente aceitaram o repto. Assim, em 2016, constituiu-se o primeiro curso subordinado ao tema Os filósofos também falam de DeusProcurámos que a lista cobrisse todas as épocas, da Antiguidade aos nossos dias. A exclusão de alguns pensadores dependeu da  disponibilidade dos diferentes especialistas que generosamente aceitaram o nosso pedido de colaboração. O curso decorreu semanalmente, de Janeiro a Maio, em doze sessões que contemplaram Platão, Aristóteles, Santo Agostinho, S. Tomás de Aquino, Espinosa, Leibniz, Kant, Hegel, Nietzsche, Simone Weil, Paul Ricoeur e Agostinho da Silva [N.R. – O áudio das sessões está disponível aqui, clicando em cada uma das datas, entre Janeiro e Maio, com o título respeitante a cada filósofo] Para meu espanto, neste primeiro curso inscreveram-se 175 pessoas, um número que foi sempre aumentando nos anos seguintes.

O segundo curso, em 2017, teve como título Filosofar é também agir e nele foram consideradas grandes correntes da ética ocidental. Em dezasseis sessões analisaram-se as Éticas da Virtude, as Éticas das Virtudes e Ambiente, a Bioética, as Éticas da Cidadania, a Ética Animal, as Éticas do Cuidado, a Ética da Responsabilidade, as Éticas Ambientalistas, as Éticas Consequêncialistas, as Éticas do Dever, a Ética da Justiça, a Ética Empresarial, as Éticas da Justiça e do Cuidado, as Éticas Feministas e a Ética dos Evangelhos. [registos áudio disponíveis aqui, no esquema já referido]. A adesão foi grande, pois o curso foi seguido por 210 participantes.

Tendo o público mostrado interesse em trabalhar obras literárias, o curso de 2018 foi intitulado Quando a filosofia e a literatura se cruzam. E nele foram apresentadas  obras de Platão, Santo Agostinho, Voltaire, Goethe, Nietzsche, Iris Murdoch, Camus, Milan Kundera, Umberto Eco,  Gonçalo M. Tavares, Martha N

ussbaum, Paul Ricoeur e Clarice Lispector [registos áudios aqui]. Houve 230 participantes.

Em 2019,  sob o título Filosofia, Literatura e Espiritualidade, serão comentadas obras de autores como Bonhöffer, J.M. Coetze, Papa Francisco, Teolinda Gersão, Jean-Paul Sartre, Saint-Exupéry, Maria Gabriela Llansol, Etty Hillesum, Daniel Faria, Kafka, Joyce, Simone Weil, Shusaku Endo e Marguerite Yourcenar. E esperamos que D. José Tolentino Mendonça feche o curso, contando a sua experiência na Biblioteca do Vaticano.

Em todo este tempo, o acolhimento entusiástico  do padre Tolentino e o apoio permanente de uma equipa activa e coesa foram uma mais-valia, sem a qual os cursos não teriam atingido o sucesso obtido. No presente ano excederam-se as previsões, pois há 235 inscritos e uma lista de espera de 60 pessoas. [O curso, que se inicia nesta segunda-feira, 21 de Janeiro, tem as inscrições esgotadas desde o início do mês, mas o registo áudio irá ficando disponível aqui.]

É realmente uma Comunidade que gosta de pensar. 

Maria Luísa Ribeiro Ferreira é professora catedrática de Filosofia da Faculdade de Letras de Universidade de Lisboa

O Pensador e a Porta do Inferno, de Auguste Rodin (Museu Rodin); foto Wikicommons

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.