Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Animus Semper

Outras memórias - 2

O antes e o agora

Fernando Leitão.jpg

Duas casas: a que foi meu berço (Cernache do Bonjardim) e a que é meu lar! A primeira com dois pisos, como acontecia em muitas da Beira Baixa. No superior a habitação, no inferior os animais ( uma espécie de aquecimento central, na altura). Na habitação, além dos quartos, sala de jantar, oficina de alfaiate, rudimentar WC, a vida fazia-se junto à lareira e a cozinha já tinha fogão a lenha com reservatório de água quente; a lareira onde, em panelas de ferro, se preparavam as viandas. Por cima,de canas, suspendiam-se os enchidos para a sua secagem: os chouriços, as farinheiras, as morcelas e e as moiras.

Era na rua que se procedia à matança do porco e à sua chamuscadela. Na parte inferior, havia dois compartimentos distintos: o curral com a pocilga do porco, a manjedoura da cabrita, o galinheiro, a coelheira e o celeiro com duas grandes arcas (a que servia de salgadeira e a do milho), o pipo do vinho, a talha do azeite e os arrumos de lenha, de batata e de fruta.

 

A segunda, no Paço (Aveiro) foi a quarta a ser construída, em via ainda não alcatroada. Agora tem mais oito vivendas. É uma área onde se harmoniza o urbano e o rústico, com grandes extensões de terras de cultivo.

Fernando Cardoso Leitão Miranda

  

Foto de Fernando Cardoso Leitão Miranda.Foto de Fernando Cardoso Leitão Miranda.