Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Animus Semper

Associação dos Antigos Alunos dos Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco

Ordenação do P. Miguel Coelho

23.04.18 | asal

Com repórteres privativos é fácil andar em cima do acontecimento! AH

 

«Olá,caro Henriques

No sábado fui a Portalegre participar na ordenação do P. Miguel, que esteve em Alcains nestes dois últimos anos. Senti-me na obrigação de o acompanhar, como amigo. Uma boa pessoa pelo que conheço dele.

Para que conste, para efeito de memória futura aí te envio esta breve nota para o nosso estimado e indispensável Animus. Mais um antigo aluno a conquistar para o nosso grupo.. Vamos ver...

Um abraço, com votos de saúde e boa disposição. Maio vem aí.

Florentino»

 

 Cerimónias na Sé Catedral de Portalegremiguel_coelho_f5.jpg

 

Ao bater da uma da tarde em Alcains, dia 21 de abril, liturgicamente, o Dia do Bom Pastor, juntei-me ao autocarro dos paroquianos da Lardosa-Alcains, para rumar à Sé de Portalegre, um dos berços da diocese. Com o nosso autocarro, seguiam outros quatro das diversas paróquias que fazem parte da comunidade cristã alargada, servida pelos padres Ilídio, Castanheira, João Avelino e Eusébio. Entre a oração e os cantares populares, foi-se convivendo, em ambiente agradável, de festa rija.

Com uma chuva miudinha, a escorrer, lentamente, pelos vidros, mal se podia espreitar a verdejante paisagem rasteira, envolvida nas árvores calcinadas que morreram de pé, no passado verão. O verde que teimava irromper ao longo dos campos, ia já vencendo o negrume desta triste paisagem, anunciando uma ressurreição da vida, vencedora da morte.

Iniciado o cortejo dentro da Sé, presidido pelo bispo da diocese, D. Antonino Dias e com o bispo emérito D. Augusto César, acompanhados dos presbíteros diocesanos e de outras dioceses - com Olivais em força – toda a assembleia dos fiéis, a encher a linda Sé de cara suja, aguardava o momento mais solene da tarde, a Ordenação Sacerdotal do padre Miguel Coelho (n. 08.09.1979) que, numa entrevista ao jornal Reconquista (12.04.18, p.3), confessou que “desde miúdo que queria ser padre”. Nesta longa entrevista, ficou-se a saber do seu itinerário espiritual, académico e profissional. Uma vocação tardia, muito amadurecida, em contraste com as de outros tempos.

Na homilia, D. Antonino, assumindo o seu papel de bispo diocesano, optou por fazer uma catequese, sublinhando os principais mistérios da história da salvação. Não esquecendo alguns conselhos paternais ao jovem sacerdote chamando a atenção que o dom que recebia não se destinava sobretudo a ele, mas para o serviço do Povo de Deus.

Amigo Miguel, os meus votos para que a tua vida seja uma fonte de água viva, a partilhar com todos aqueles a quem serás chamado a servir. Pelas provas já prestadas em Alcains, o ideal de Bom Pastor, com “cheiro às suas ovelhas” poderá ser a bússola que poderá marcar as pisadas da tua auspiciosa caminhada. A fé, simplicidade e humildade são já marcas muito auspiciosas na tua vida. Que sejas Feliz.

Florentino Beirão

PS. Florentino.jpg não gostámos muito foi de ver a multidão dos fiéis, vindos sobretudo de Montalvo, terra do neosacerdote, e das várias paróquias que o P. Miguel já serviu como diácono durante os últimos tempos, apinhados em redor do  altar, espreitando a cerimónia, para a gravar no seu telemóvel. Não seria possível fixar uns ecrãs para que todos os fiéis pudessem usufruir desta longa cerimónia de duas horas? O mesmo no que se refere aos cânticos, dirigidos, com grande mestria por uma freira, apoiada por um coro bem preparado, para favorecer a participação da comunidade? 

 

NOTA: Para os interessados, acrescenta-se que o P. Miguel Coelho celebrará Missa Nova em Montalvo no dia 6 de maio, às 16H00, e em Alcains no dia 13 de maio, às 17H00.

1 comentário

Comentar post