Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Animus Semper

Associação dos Antigos Alunos dos Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco

Manuel Nunes em destaque

23.07.20 | asal

Alegra-nos ver um dos nossos em lugares de destaque na sociedade. Copio de "Reconquista" este texto do José Júlio Cruz, em que se reporta que o nosso amigo Manuel Nunes assume lugar no Conselho Diretivo da Ordem dos Dentistas. Com os nossos parabéns, vai um voto de bom trabalho na defesa da saúde oral dos portugueses, que bem precisa de atenção. Ainda neste dia 15/07, nós lhe demos parabéns de aniversário... AH

Dentistas: Manuel Nunes integra conselho diretivo da Ordem

José Júlio Cruz - 23/07/2020 - 9:30 in "Reconquista"

"Defesa rígida dos valores da profissão e valorização do papel dos representantes regionais estão entre os compromissos".

Manuel Nunes.jpg

 

O médico dentista albicastrense Manuel Lourenço Nunes (à esquerda na foto) passou a integrar o Conselho Diretivo da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) desde o passado sábado, dia 18, altura em que com os seus pares tomou posse. As respetivas eleições reportam a 27 de junho, tendo a vitória da lista A de que fazia parte com 75% dos votos eleito Miguel Pavão como novo Bastonário da classe.

Em termos genéricos, a nova equipa preconiza a “defesa intransigente da relação médico dentista – doente”, bem como o “associar da medicina dentária aos pilares da medicina”, sem perder de vista a “defesa rígida dos valores éticos e do Código Deontológico na prática quotidiana da profissão”, como Manuel Nunes faz questão de frisar ao Reconquista.

Reforçar a capacidade de intervenção da OMD com uma postura de compromisso, de elevação e sem conflitos de interesse é outro dos pilares que fazem parte dos compromissos agora assumidos, bem como a tentativa de “tornar a OMD uma instituição próxima e com envolvimento real por parte dos seus membros, reforçando o papel dos representantes regionais para esse fim”.

“Valorizar o ato médico dentário, lutando para impedir atos médicos gratuitos em convenções/seguros/planos de saúde, na defesa do interesse dos doentes e da saúde pública oral”, está ainda entre os objetivos da equipa liderada a partir de agora por Miguel Pavão.

Fundamentalmente, desde este momento, como Manuel Nunes confidenciou ao Reconquista, passam a existir seis eixos de atuação prioritária na OMD, a saber: “Minimizar os efeitos da pandemia entre os médicos dentistas; Defender a Saúde Oral dos portugueses; Adequar os numerus clausus às necessidades existentes em Portugal; Defender a Medicina Dentária da mercantilização das grandes empresas; Rever as políticas de saúde oral, nomeadamente no SNS; e reformular o cheque dentista”.

Para além disso, como o mesmo responsável realça, esta ordem profissional e os seus órgãos sociais pretendem “representar toda a classe, a nível nacional, tratando todos com equidade”. “Tentando perceber quais os problemas existentes e a melhor forma de procurar uma solução e, logicamente, que havendo em Castelo Branco alguém que integra o Conselho Diretivo, mais facilmente os colegas têm o desejado acesso para se fazerem ouvir para exporem os problemas que os atormentam e que a OMD poderá, dentro das suas funções plasmadas na lei, ajudar a resolver”, acrescenta.

A cerimónia de tomada de posse teve lugar no sábado em Braga no Altice Forum, tendo marcado presença na mesma representantes de sociedades científicas, o secretário de Estado da presidência do conselho de ministros (também ele médico dentista, André Moz Caldas) o presidente da ARS do Norte, Carlos Nunes, o Bastonário da Ordem dos Médicos, entre outros bastonários e o presidente do Infarmed, o também albicastrense Rui Santos Ivo, entre outras personalidades nacionais e de cariz mais regional.