Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Animus Semper

Associação dos Antigos Alunos dos Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco

Fotos de férias

15.10.19 | asal

Arábia2.jpg

Uma das virtualidades dos dias de férias é usar pouco o relógio... Aconteceu-nos agora esse ensejo nos dias que passámos em Portimão. Por conselho dos sábios da saúde, a nossa preocupação diária era fazer uma caminhada, ora para o interior da malha urbana ora para a beira-mar.
Um dia fomos para a Marina, olhando as novidades de fim de estação veraneante, visitando as areias, as ondas e o molhe que nos leva até ao farol.
O sol estava baixinho, a querer despedir-se do seu labor diário. Na praia, poucas pessoas molhavam os pés, até porque o calor também já não convidava a mergulhos. Só no molhe é que se viam mais degustadores da natureza, uns em passeio e outros sentados sobre o cimento que molda as ondas.
Nós também resolvemos ficar por ali, olhando o movimento de alguns barcos na foz do rio, mirando as formas novas da areia na praia, sentindo a robustez das pedras para ali trazidas para suportar as arremetidas das marés.
Já agora, esperamos pelo pôr do sol, dissemos.
E foi assim que gozámos a paz do momento, tirando fotos significativas, quer da neblina que abraçava a praia, quer das aves que enchiam o espaço e estranhamente voavam para o alto-mar, quer de nós próprios aconchegados um ao outro, quer do bendito sol que se ia desfazendo no horizonte. Um hora tranquila, que só acabou quando a lua nos empurrou para casa...

As fotos foram estas, talvez a maior bênção daqueles dias.

António Henriques