Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Animus Semper

Associação dos Antigos Alunos dos Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco

Dor da ausência - 2

11.05.22 | asal

Hoje são só testemunhos!

Primeiro

António! Como me sinto amargurado por não me poder inscrever no próximo encontro de companheiros mais novos... Até porque com a minha presença, dada a idade, quereria apregoar que a aposta nestes convívios tem de ser ganha, com mais adesão, por todos aqueles que, um dia, entraram no Seminário.

Mas a seguir  à recente dupla cirurgia a que fui submetido e que me enclausurou no mês de Abril, surgiu, nos primeiros dias de Maio, esse "vírus covídico", contagiando também a esposa, no momento, em situação de saúde muito precária.
Mas eu quero teimar em sentir-me um no meio de vós: na Eucaristia e no almoço-convívio. E porque estou sempre grato ao Seminário que me formou, queria enviar um donativo para, em envelope fechado. entregares no ofertório.
Para tal agradecia que me enviasses o teu NIB para proceder à transferência do contributo.
 
Segundo
 
Caro amigo, emocionou-me o teu email. As nossas idades estão a fazer mossa no estilo de vida que levámos até agora. Eu também começo a ser incapaz de ouvir bem, já não consigo cantar, qualquer problema me perturba o sono... É a vida, numa altura em que passamos a "ser muito amigos dos médicos"... Vocês apanharam mesmo uma pedrada forte... Não me admiro que estejam contundidos!!! 
Por aqui, agora é a perna marota da esposa que precisa de uma operação à anca. Vamos ver quando pode ser...
Quanto a Castelo Branco, nem sei o que dizer. Ontem fiz quatro telefonemas a amigos que não costumam faltar. Só ouvi mazelas, operações, quimio... Hoje, outro telefonema pôs-me a falar com outro amigo que agora é cuidador informal e permanente da mulher toda escavacada por uma queda, operações mal sucedidas, e ainda com uma sogra velhinha incapaz. Olha, achei-me um privilegiado...
Tenho muito gosto em cumprir o teu desejo e o teu dinheiro será entregue na missa do dia 28. Disse-o ontem a outro amigo incapacitado e ele também me pediu o IBAN. Temos de assumir as nossas limitações e cara alegre!
O meu IBAN é ( )...
António Henriques
 
Terceiro
 
Sim, António. Há já algumas ausências que doem! E como doem! O tempo os trouxe e o tempo os levou! Mas quem tornará essas ausências "presentes" senão o grupo de amigos que se reúnem para celebrar a vida que desapareceu da nossa vista? Os nossos Encontros servem também para isto. Por isso, o apelo do António Henriques, perante a míngua de inscritos, vai neste sentido. Ele, sempre tão zeloso em lembrar os nossos aniversários, tem toda a autoridade para o fazer.
Eu sei por mim. Ás vezes, já me custa sair à rua. Vou à janela e vejo o tempo húmido. E digo, é melhor não sair. Se o tempo está esplendoroso... Ah, o sol! Enfim, há sempre uma desculpa para ficar em casa. E lá se ouve a voz da minha senhora: Sai, vai arejar, espairecer, mexe as pernas, que te faz bem.
Somos assim. Precisamos de nos contrariar e sair do ninho. E depois até gostamos! Se for este o caso, meu amigo, inscreva-se, que todos somos necessários para haver alegria e refrescar o sentido das nossa vidas. Um grande abraço, João Lopes.

Apresentação2.jpg

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.