Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Animus Semper

Associação dos Antigos Alunos dos Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco

Até quando, Senhor?

08.01.20 | asal

“Tu, ó Deus, acalmas o ruído dos mares,

João Lopes.jpeg

A fúria das ondas e o tumulto dos povos.” Sl 65, v. 8

 

 O tumulto dos povos!

   Os EUA  mataram o general Suleimani, chefe das Forças militares do Irão no aeroporto de Bagdad. Na sua incorrigível  fanfarronice, Donald  veio logo com ameaças, ele o Trump, que tomara a ofensiva na noite do fim do ano na sua luxuosa mansão.  De surpresa, de forma autocrática, sem consultar quem devia! Depois do assassinato, veio logo com ameaças dissuasoras: se o Irão ripostasse, teria uma resposta militar arrasadora. O funeral de Suleimani aglomerou até os mais desafetos do regime, com o islamismo xiita predominante e as restrições dos aiatolás à liberdade.

Hoje mesmo lançaram mísseis sobre as bases militares do EUA no Iraque. “Apenas uma bofetada”-disseram ao mundo. Recrudesce o tumulto nos povos do Médio Oriente; fervilham o ódio e o rancor; fazem-se juras de vingança. E nós, os Europeus, apanhamos por tabela.

E o fanfarrão, na sua estultícia, continua a vomitar ameaças. Até quando, Senhor?

( Ao rezar o salmo, lembrei-me disto. Desculpem e rezemos !)

João Lopes