Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Animus Semper

Associação dos Antigos Alunos dos Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco

Aniversário

10.03.22 | asal

Horácio L Matins.png

Parabéns ao Horácio Leal Martins, de Alcains, que faz hoje 71 anos.

Desejamos-te muita saúde e felicidade, em companhia de familiares e amigos. E que faças muitos, pois na nossa idade são cada vez mais um dom bem precioso.

E não te esqueças de aparecer no meio de nós em Alcains... Lá teremos o livro a celebrar os 90 anos do Seminário de S. José.

O meu Dia da Mulher

09.03.22 | asal

 

IMG_20220309_103246.jpg

Então tu deixas passar o Dia da Mulher e não escreves uma reflexão sobre esse importante evento? Onde é que tu andas?
 
- Olha, a vida é mais importante que uma comemoração. Ainda há poucos dias (2/03) exaltei aqui uma mulher especial. Não sou insensível a certas datas. Mas quando nos batem à porta a pedir ajuda por terem chegado de Odessa duas mulheres e três filhos com a simples roupa do corpo, as prioridades voltam-se todas para estas urgências. Desde fraldas a roupa de criança e de adultas, tudo se foi arranjando. E mesmo dinheiro, já entregámos 200€...
Nesta foto estão as últimas aquisições, que o volume maior já seguiu ontem.
Tudo conseguido junto de familiares e amigos. Como vêem, a guerra já cá chegou. E estas mulheres concretas bem precisam de sentir o que é o Dia Internacional da Mulher.
 
António Henriques

Aniversários - 3

09.03.22 | asal

António Ventura.jpg

Que maravilha! Três a fazer anos... E os três do concelho de Oleiros, coisa rara!

- António Ventura, nascido em 1950, hoje integrado na Filarmónica de Oleiros e um grande benfiquista, mesmo vestido de verde.

António Luís1.jpg

 

- António Luís, que nasceu na Isna de Oleiros em 1955, vive no Feijó, aqui bem perto da Amora. Ensina nos Maristas, se é que a jubilação não chegou.

José Martins.jpg

 

- Finalmente, outro oleirense, do Estreito, o José Martins, sportinguista como eu, a viver em Lisboa. E mais não sabemos...

Aos três, apresentamos os nossos PARABÉNS e votos de muita saúde e felicidade por longos anos. Viva a Vida!

Nenhum de vocês vai faltar ao Encontro em Alcains. Teremos lá o livro sobre o Seminário de S. José a celebrar os 90 anos desta grande obra que nos acolheu. 

Aniversário

08.03.22 | asal

P. Adelino Cardoso.jpgFaz hoje 56 anos o P. Adelino Dias Cardoso, Pároco de Pego, Rossio ao Sul do Tejo, São Miguel do Rio Torto e Tramagal; Diretor Espiritual do Movimento dos Cursilhos de Cristandade e Arcipreste de Abrantes.  Alegra-nos ver estas vocações totalmente dedicadas ao serviço da comunidade cristã.

Damos os PARABÉNS deste grupo a este amigo, desejando-lhe vida longa e feliz.

Aniversários

07.03.22 | asal

Dois aniversariantes

Luis Alves.jpg-   P. Luís Manuel Antunes Alves 

Nasceu a 7 de Março de 1960 e trabalha ardorosamente para servir a Igreja de Deus na zona do Pinhal. Pároco de Amieira, Cambas, Isna, Oleiros e Orvalho; Membro do Conselho Pastoral Diocesano; Tesoureiro do Instituto Diocesano do Clero; Administrador da Página da Diocese; Diretor do Secretariado Diocesano das Comunicações Sociais. Mas como consegue chegar a tantos lados?!

Aqui ficam os nossos PARABÉNS e votos de muita saúde e felicidade.

 

Ernesto Afonso.jpg

    - Está também hoje a celebrar a vida o Ernesto Afonso, Engenheiro Civil de Santo André das Tojeiras - Castelo Branco, que já vem de 1952.   E Alcains também será um objetivo para ti, Ernesto, se pudermos encontrar-nos para celebrar os 90 anos do Seminário? 

   PARABÉNS, amigo! Que a vida te continue a sorrir por muitos anos, com saúde e felicidade.

Lembrando amigos

06.03.22 | asal

5-04-2019.JPG

Faz hoje oito dias que nos deixou para sempre o amigo Joaquim Nogueira, passando a outra dimensão do ser humano, que cremos será mais felicitante. Enquanto cá andou, sentimos durante anos o calor da sua simpatia e espírito de serviço ao grupo. A foto que aqui reproduzo, na Parreirinha de Carnide, é uma memória de hábitos comuns que um grupo de antigos alunos cultiva e que a pandemia cortou de raíz. Neste momento, já há colegas a perguntar quando é que começam os almoços na Parreirinha...

Durante anos, era o Joaquim a enviar o SMS a comunicar que "amanhã há almoço na Parreirinha. Se vais, comunica para reservar mesa..." Agora, já há um ano ou dois, o encargo passou para o Pires Antunes. O Joaquim era o Mestre, sempre no seu cantinho à direita. Outro amigo tomará o seu lugar, que a vida está sempre em mudança.

Para quem não sabe, também nesta foto( de 5-04-2019), em primeiro lugar à direita, está o António Pequito Cravo, que há mais de um ano foi apanhado por um terrível AVC que o prostrou profundamente e com lenta, muito lenta recuperação... Para ele vai também neste momento o nosso afeto e a nossa oração.

Ao Joaquim Nogueira deixamos agora o encargo de olhar por nós e de nos lembrar junto do Pai do Céu (como serão lá as conversas? Ou ficaremos eternamente a olhar embevecidos para o Senhor dos universos?!).

As suas filhas - Isabel e Cristina - enviaram-me umas palavras de agradecimento que aqui reproduzo. E termino a dizer a todos que gostei de ver muitos colegas e amigos no velório e funeral de seu pai. Que ele descanse em paz. AH

«Bom dia. Vimos agradecer as flores que enviaram para o velório do nosso pai. Peço para transmitir o nosso agradecimento aos restantes membros da Associação. Muito obrigada. Isabel e Cristina Nogueira.»

Aniversário

06.03.22 | asal

José Farinha Alves.jpg

Anuncio-vos hoje o 65.º aniversário do José Farinha Alves, da Várzea dos Cavaleiros, Sertã, terra de gente amiga como o Joaquim Nogueira (falecido há poucos dias...), Cón. Lúcio e P. Cardoso.

Ainda trabalha como enfermeiro nos hospitais em Coimbra e diz que o serviço se vai levando bem. Entusiasmado com as nossas campanhas, também contribuiu para a publicação do livro sobre a nossa casa comum, o Seminário de Alcains.

É este o aniversariante de hoje. PARABÉNS, José, neste teu aniversário. Votos de muita saúde, alegria e boa disposição no teu viver. 

O jejum quaresmal

05.03.22 | asal

O Abílio Martins enviou-me este email: 

PAPA.jpg

No lugar do jejum de carne na *Quaresma,* o Papa Francisco propõe *15 ações simples de caridade*.
Veja que bonito:

✝️1- *Cumprimente* sempre e em todo lugar.

✝️ 2- *Dar graças* (mesmo que não "devas" ou deseje fazê-lo).

✝️ 3- Lembre aos demais o quanto você os *ama*.

✝️ 4- *Cumprimentar com alegria* às pessoas que você vê todos os dias.

✝️ 5- *Ouvir* o que o outro tem a dizer, sem pré julgamentos, *com amor*.

✝️ 6- Parar para *ajudar*. Estar *atento a quem precisa* de você.

✝️ 7- *Animar* a alguém

✝️ 8- *Comemorar as qualidades e os êxitos* do outro.

✝️ 9- *Separar* o que não usa e *doar* a quem necessita.

✝️ 10- *Ajudar quando necessário* para que o outro descanse.

✝️ 11- *Corrigir com amor*, não calar por medo.

✝️ 12- *Ter boas relações* com os que estão *perto de você*.

✝️ 13 - *Limpar o que usar em casa*.

✝️ 14- *Ajudar os outros a superar obstáculos*.

✝️ 15- *Telefonar* para seus pais, se tiver a felicidade de tê-los.

• *Jejue de palavras ofensivas* e transmita palavras gentis.

• *Jejue de descontentamentos* e se encha de gratidão.

• *Jejue da ira* e encha-se de mansidão e paciência.

• *Jejue de pessimismo* e se encha de esperança e otimismo.

• *Jejue de preocupações* e encha-se de confiança em Deus.

• *Jejue de queixas* e se encha das coisas simples da vida

• *Jejue das pressões* e se encha de oração

• *Jejue das tristezas e amarguras* e encha de alegria o coração.

• *Jejue de egoísmo* e encha-se compaixão e pelos demais.

• *Jejue da falta de perdão* e encha-se de atitudes de reconciliação.

• *Jejue das palavras* e se encha de silêncio e de escuta aos outros.

🌟Si todos intentamos este ayuno, lo cotidiano se llenará de:
🌟 Se todos nós tentarmos este jejum, o cotidiano se encherá de:

💟 *Paz*
💟 *Confiança*
💟 *Alegria* e
💟 *Vida*

Grande sabedoria do Papa Francisco nessa proposta de quaresma, por isso, a compartilho com gosto! ❤

Palavra do Sr. Bispo

04.03.22 | asal
UM MAIOR ENCANTO NA HORA DA DESPEDIDA!...

Antonino Dias.jpg

Jovens, antes de mais, muito obrigado por terdes levado, carinhosamente ao colo por toda a nossa Diocese, com entusiasmo contagiante e espírito missionário, os símbolos das Jornadas Mundiais da Juventude. Foi bom e muito bonito, como bonito e muito bom foi apreciar como tantas autoridades civis, académicas e militares, comunidades cristãs, estruturas sociais, de saúde e de serviços, e tantas outras instituições escancararam as portas para vos acolherem com a mensagem mais revolucionária, mais subversiva do mundo! E tudo vai acontecendo sem qualquer outra arma que não seja a arma do amor e do bem fazer, em paz e concórdia! Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelos seus amigos! Mas Ele, na Cruz, até a deu pelos seus próprios inimigos, desculpando-os e pedindo perdão para eles. E tantas vezes ignoramos isto ou tendemos a esquecê-lo porque nem sequer somos capazes de cumprir o adágio que diz que amor com amor se paga!...
Em nome da Igreja Diocesana, quero manifestar a maior gratidão a todos quantos, reconhecendo o alcance de tal peregrinação pelo que ela significa, representa e anuncia, manifestaram a sua simpática abertura, adesão e colaboração. Bem como agradeço ao Comité Diocesano de preparação para a Jornada Mundial em Lisboa, ao Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude e das Vocações e a todos quantos, quais formiguinhas atentas e laboriosas, duma maneira ou de outra, tiraram pedras do caminho e colaboraram mais de perto com igual entusiasmo e alegria. Bem hajam!
Agora que nos vamos ‘despedir’ desses símbolos que desde 30 de janeiro percorreram cantos e recantos, largos e praças da nossa Diocese a bater com carinho à porta do coração de cada pessoa, venho recordar-vos, caros jovens, aquilo que já sabeis. Não sendo saudável esquecer, é mesmo bom intensificar a sua vivência e reavivar continuamente o desejo de o divulgar oportuna e inoportunamente. São três coisas importantíssimas! Foi o Papa Francisco que as gravou a letras de ouro no documento conclusivo do sínodo dos jovens. Aí, ele reiterou-vos três grandes verdades que eu chamo agora à baila para trazerdes escritas na palma da vossa mão, vós e toda a gente. Diz ele: “Eis a primeira verdade que quero dizer a cada um: «Deus ama-te». Mesmo que já o tenhas ouvido – não importa! –, quero recordar-to: Deus ama-te”.
“A segunda verdade é que, por amor, Cristo entregou-Se até ao fim para te salvar. Os seus braços abertos na cruz são o sinal mais precioso dum amigo capaz de levar até ao extremo o seu amor”.
“Mas há uma terceira verdade, que é inseparável da anterior: Ele vive! (...) Aquele que nos enche com a sua graça, Aquele que nos liberta, Aquele que nos transforma, Aquele que nos cura e consola é Alguém que vive. É Cristo ressuscitado, cheio de vitalidade sobrenatural, revestido de luz infinita”.
Nestas três verdades, refere Francisco, “aparece Deus Pai e aparece Jesus. Mas, onde estão o Pai e Jesus Cristo, também está o Espírito Santo. É Ele que prepara e abre os corações para receberem este anúncio, é Ele que mantém viva esta experiência de salvação, é Ele que te ajudará a crescer nesta alegria se O deixares agir. O Espírito Santo enche o coração de Cristo ressuscitado e de lá, como duma fonte, derrama-Se na tua vida. E quando O recebes, o Espírito Santo faz-te entrar cada vez mais no coração de Cristo, para que te enchas sempre mais com o seu amor, a sua luz e a sua força”.
Por isso, o Santo Padre pede-te que invoques todos os dias o Espírito Santo “para que renove em ti constantemente a experiência do grande anúncio. Porque não? Tu não perdes nada e Ele pode mudar a tua vida, pode iluminá-la e dar-lhe um rumo melhor. Não te mutila, não te tira nada, antes ajuda-te a encontrar da melhor maneira aquilo que precisas. Precisas de amor? Não o encontrarás na devassidão, usando os outros, possuindo ou dominando os outros; n’Ele, o encontrarás duma forma que te fará verdadeiramente feliz. Buscas intensidade? Não a viverás acumulando objetos, gastando dinheiro, correndo desesperadamente atrás das coisas deste mundo; chegará duma maneira muito mais bela e satisfatória, se te deixares guiar pelo Espírito Santo” (cf. Exortação Apostólica Cristo Vive, Capítulo IV, que vos convido a recordar).
A Diocese da Guarda virá receber os símbolos à nossa Diocese, na cidade de Castelo Branco. Quem recebe vem buscar, assim está determinado, nós fomos buscar a Évora. Mas não é o Bispo diocesano que os vai entregar, não é tampouco o Arciprestado de Castelo Branco, nem o Secretariado Diocesano da Juventude e Vocações, nem o Comité Diocesano de preparação para a Jornada em Lisboa. É a Diocese que os vai entregar na pessoa dos seus jovens. Por isso, contamos com a tua presença neste gesto de entregar aos jovens da Diocese da Guarda, na presença do seu Bispo e doutros membros da sua comitiva, estes símbolos. Também estará presente Dom Américo Aguiar, Bispo Auxiliar do Patriarcado e Presidente do Comité Organizador da Jornada Mundial em Lisboa, em 2023. Tens dificuldade em vir? Talvez, acredito e compreendo. No entanto, como afirmou o célebre cantor e compositor jamaicano Bob Marley, “não cruzes os braços diante de uma dificuldade, pois o maior homem do mundo morreu de braços abertos”. Anda daí! Se mesmo não puderes vir, continua unido ao Comité Diocesano e ao Secretariado Diocesano da Juventude e Vocações. Como notarás, o entusiasmo pela Jornada Mundial já saltita pelas ruas e há muita pressa no ar a dizer-te que também precisa de ti e do apoio e colaboração da tua família e da tua comunidade cristã nesta caminhada até Lisboa! Juntos e comprometidos no caminho avançaremos melhor e com mais proveito. Anima-te e anima os teus amigos.
Antonino Dias
Portalegre-Castelo Branco, 04-03-2022.

Aniversário

04.03.22 | asal

Tobias Delgado1.jpg

E hoje é o Tobias Delgado a fazer anos!

Nascido em  1951 no Vergão Fundeiro, correu mundo, andou pelo Congo e hoje festeja mais um aniversário talvez pela bela Sertã, com maranhos e tudo.

Também nós nos associamos à alegria de mais uma primavera para o Tobias, damos-lhe os PARABÉNS e fazemos votos de muita saúde e felicidade por muitos anos. E até Alcains, em Maio!

Aniversários

03.03.22 | asal

Agostinho Janela1 (2).jpeg

São dois os aniversariantes de hoje.

Em 3 de Março de 1941 nasce o Agostinho Janela Barbeiro, hoje Diácono Permanente, adstrito ao serviço das Paróquias de Mação, Aboboreira, Penhascoso e Ortiga; é ainda Assistente Regional da Ação Católica Rural. 

Tem estado em vários dos nossos encontros.

Raul A.Fernandes.png

 

Depois, também hoje faz anos o  Raul Alves Fernandes, que nasceu em 1950 na povoação de Maljoga, freguesia de Proença-a-Nova. Gostávamos de o ver nos nossos encontros. Mas isso só depende dele. Em Maio, contamos estar em Alcains!

 

PARABÉNS aos dois. Desejamo-vos muita saúde, alegria no viver e sucesso pessoal.

Aniversário

02.03.22 | asal

João Neves1.jpg

O João Correia Neves é de Monforte da Beira e faz hoje 84 anos. Vejam o que diz o Manel Pires Antunes: «Do meu curso, entrámos no Gavião em 1949. Ainda esteve em Portalegre e, quando saíu, foi para Moçambique onde esteve na Alfândega. Agora vive em Caxias numa "mansão" dele. Oferece-me figos da sua figueira.... Ainda bem que me lembraste, pois eu não sabia do aniversário. Ele esteve na organização do encontro dos 50 anos do nosso curso que teve lugar em em Alcains». E querem mais? Ele já apareceu nestas páginas há dois anos a falar do Escutismo no Seminário. Basta abrir os links:

https://animussemper.blogs.sapo.pt/escutismo-no-seminario-529434 

https://animussemper.blogs.sapo.pt/escutismo-no-seminario-2-531452 

O João também apanhou o Covid-19 e sofreu as consequências...

PARABÉNS, João, no teu aniversário. E que continues a gostar de viver por muitos anos.

P A L Í N D R O M O S

01.03.22 | asal
E há amigos que continuam a produzir. Que bom!, Zé Maria Lopes... AH
 
Andou, recentemente no Facebook, uma curiosidade que indicava a data 22022022 e dizia

images.jfifser um PALÍNDROMO, embora composições com números sejam denominadas de capicuas, mas admite-se.

Conheci, durante a minha vida profissional, alguns mestres da Língua Portuguesa, nomeadamente, Dr. Neves Reis, Dr. Pires de Castro, Dr. Magnus Bergstrom, Dr.Crespo Fabião, Dr. José Pedro Machado, para não citar mais, uns com mais contacto, outros com menos, mas sempre anotei, escrevendo, assuntos que as gramáticas não referiam.
Um desses pormenores que anotei, foi o PALÍNDROMO que posso afirmar, sem hesitação, ser um elemento que torna bela a Língua Portuguesa.
Eu sei que o que a seguir vou descrever será do conhecimento de alguns dos nossos leitores, mas se for novidade para um só leitor, já me sinto satisfeito.
Ora, PALÍNDROMO, adjetivo e substantivo masculino é uma composição literária - chamemos-lhe assim - igual a uma capicua que se emprega, essencialmente, para uma constituição de palavras que se leem, tal como as capicuas, de trás para a frente e, igualmente, de frente para trás ou, se se quiser, do princípio para o fim e vice-versa.
PALÍNDROMO é uma palavra nascida do grego PALIN que quer dizer OUTRA VEZ e DROMOS que quer dizer QUE CAMINHA.

José Maria Lopes.JPG

Li, há vários anos, que um cidadão inglês construiu um PALÍNDROMO de cerca de 65.000 palavras. Imagine-se o trabalhão desta pessoa e quanto tempo da sua vida utilizou.
Descrevo a seguir alguns dos PALÍNDROMOS que fui anotando:

 

SIMPLES ( uma palavra):
RALAR, RATAR, RADAR, ANILINA, SALAS, OVO, OSSO, e muitas mais. É só correr o dicionário.
 
COMPOSTO ( mais de uma palavra):
ORAVA O AVARO
ROMA ME TEM AMOR
SOCORRAM-ME, SUBI NO ONIBUS EM MARROCOS
ANOTARAM A DATA DA MARATONA
ASSIM A AIA IA A MISSA
A DIVA EM ARGEL ALEGRA-ME A VIDA
A DROGA DA GORDA
A MALA NADA NA LAMA
A TORRE DA DERROTA
O CEU SUECO
O GALO AMA O LAGO
ATAI A GAIOLA, SALOIA GAIATA
RIR, O BREVE VERBO RIR
SAIRAM O TIO E OITO MARIAS.
 
E, por hoje, um abraço aos leitores do ANIMUS
Zé Maria Lopes

Carapaus de corrida?….

01.03.22 | asal

Olhem o que eles andam por aí a sondar! A Parreirinha faz falta, diz o Pires Antunes. AH

IMG_0403.JPG


Desafiando todas as nuvens pandémicas, foram estes o alvo da nossa atenção quando nos deslocámos (um pequeno grupo) ao XICO de Paço de Arcos, tendo em vista apalpar terreno para um retomar regular dos nossos convívios semanais na Parreirinha de Carnide.
Infelizmente, logo após esta experiência, fomos surpreendidos pela notícia do falecimento do nosso querido Mestre Joaquim Nogueira, ele que era uma presença assídua e entusiasmante das nossas reuniões.
Carinhosamente era por mestre que o tratávamos. E durante anos rara era a vez que “faltava”. Mas avisava sempre!
Pedimos ao Pai que o tenha na Sua presença.
Nós continuaremos a cumprir com as reuniões/convívios até que Deus queira.
M Pires Antunes

Aniversário

01.03.22 | asal

Manuel Domingues.jpeg

Viva a Vida!  Celebra hoje o seu aniversário o Manuel Domingues, que nasceu em 1957. Vive na Sertã, esteve no Encontro de Maio de há três anos e também participou na apresentação do livro do Alves Jana no Gavião, de onde é esta foto.

Aqui estamos a dar-te muitos PARABÉNS. E que Deus, em sua infinita bondade, te dê tudo de bom. Que tenhas muita alegria, paz, saúde e felicidade. Por certo, vamos estar todos em Alcains no mês de Maio, se o vírus não o impedir...

Pág. 3/3