Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Animus Semper

Associação dos Antigos Alunos dos Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco

2021 – Ano de S. JOSÉ 

02.01.21 | asal

Meu caro António

 Aí mando um anexo para preparar os espíritos  dos nossos amigos associados. Depois. daqui a alguns dias, telefonar-te-ei para falarmos sobre a logística e levar ao Florentino os dados de que necessita para avançar para a publicação. Dia 17 deste mês, vou encontra-me com ele. Um grande abraço, com votos de boa saúde neste Novo Ano. João Lopes

 

João Lopes 10.jpg

                  

CONVITE

Há 150 anos, S. José, humilde carpinteiro, esposo de Maria, foi declarado Padroeiro Universal da Igreja, tornando-se numa das referências primordiais das famílias cristãs e não só.  

Vamos, pois, por  convite do Papa Francisco, reflectir, durante 2021, sobre esta rica personalidade cuja eloquência do silêncio é o traço que melhor a define, no quadro da inserção de Jesus na linhagem davídica e messiânica e na ternura atenciosa que prestou à aprendizagem bíblica, cultural e artesanal do “seu” Menino, levando-o  a realizar os três ciclos de estudos culturais e bíblicos, que explicam a elevação de Jesus à categoria de Mestre entre os fariseus, falando corretamente o Grego, na sua Galileia, corredor de passagem de mercadores que no grego tinham a sua língua de comércio.  Já antes, afastara dos perigos da perseguição política a sua família, sofrendo as agruras do exílio, como hoje acontece a tantos nossos irmãos.

Ele doou-se completamente à Sagrada Família, vivendo o Evangelho por antecipação, ou incorporando no seu viver toda a Mensagem de Jesus, o Nazareno. E compreendeu o plano de Deus para os dois: dar guarida humana ao Salvador. Esqueçamos o velhinho de barbas brancas, uma imagem triste e descolorida, e vejamos o jovem de 18 a 20 anos, decidido e corajoso na Fé, esposo fiel e dedicado a Maria, escolhida diretamente pelo Deus Altíssimo para Mãe de Jesus.

E vamos ainda colocar sob a sua proteção as iniciativas da nossa Associação, mormente a publicação do novo livro sobre o Seminário de S. José em Alcains, que realizaremos, “aequo animo” com um pequeno esforço de todos. Basta um tudo nada de gratidão e generosidade para que mais esta obra veja a luz do dia, na sequência de três livrinhos ”Olá Professores” sob a prestimosa coordenação do incansável Joaquim Mendeiros e a colaboração do A. Henriques e Silva Amaro (Castelo Branco. 2016);   o 2º, coordenação  e colaboração exclusiva de Joaquim  Mendeiros  e colaboração de  António Rodrigues Lopes e João Lopes (Marvão, 2017); e o 3º, sob a coordenação de Joaquim Mendeiros e a colaboração de Alexandre Nunes, A. Henriques, António Gil,  António R. Lopes, P. Bonifácio, Florentino, João  Luís Portela, João O. Lopes, João Torres Heitor, Joaquim Nogueira, Joaquim Mendeiros, José Jana, Manuel C. Bugalho e P. Manuel Mendonça. (Portalegre, 2018) Perdoem-me se esqueci algum!

    Falta-nos agora colocar a cereja em cima do bolo. E fazemo-lo sob a luminosa égide de S. José, o santo intrépido das aventuras de Deus. Esta obra é Sua e nossa, que, em tempos juvenis, residimos na sua Casa. Não nos deixaremos tolher pelo medo da covid-19 em vias de extinção, graças à Ciência e à invisível Mão da Providência divina. Que ninguém se recuse a entrar nesta embarcação que é igualmente serviço de Deus, da Igreja e da nossa Diocese, com o seu Pastor ao leme. Mais robusta e capaz de superar o mal do esquecimento ficará ad  Semper a memória  da Associação dos antigos alunos dos Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco.     

Magnus Animus semper magna appetit.

João Lopes

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.