Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Animus Semper

Associação dos Antigos Alunos dos Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco

ANTÓNIO COLAÇO

16.10.16 | asal

O QUE FAZEMOS HOJE?

Portalegre 19-05-2012 106.jpg

Podia ser esta uma rubrica a repetir muitas vezes se existissem repórteres (eles existem, é só ter vontade!), para enriquecer este espaço de encontro. É que nós ainda não cruzámos os braços, ainda estamos por aí a embelezar o mundo, nosso e dos outros. Desta vez, fui buscar ao Facebook a crónica do António Manuel M. Silva, especialmente para aqueles que não frequentam aquela rede social. E o sujeito da crónica é, nem mais nem menos, que o nosso blogueiro de muitos anos com o ANIMUS60, de boa memória, o colega e amigo António Colaço. AH

 

DE ASSESSOR DO PS A ARTISTA DO LIXO


Conheci COLAÇO.jpgo António COLAÇO nos meus tempos de menino e moço quando ambos andávamos pelo Alto Alentejo, nos seminários diocesanos, à procura de destino para os anos que agora já estão gastos. Nasceu no Gavião mas veio com a família para Cardigos onde o pai trabalhava como padeiro numa das panificadoras que existia

2.jpg

m nos anos 50/60. Aprendeu as primeiras letras com a “menina” Conceição integrado numa turma da primária. Mas não é de Cardigos que me lembro dele…

Depois, cada um de nós fez a sua vida e voltámos a encontrar-nos alguns anos mais tarde, em Abrantes, quando ele havia fundado a primeira rádio pirata portuguesa, RAL (Rádio Antena Livre). Fundaria também, julgo que num andar em Campo de Ourique, a primeira Televisão pirata. Depois ainda o encontrei numa visita de estudo à Assembleia da República com os alunos da escola de Proença-a-Nova onde nos conduziu pelos corredores da dita casa da democracia. Era então assessor de imprensa do Grupo Parlamentar do PS. Vejo-o regularmente nos encontros dos antigos alunos dos seminários diocesanos de Portalegre/Castelo Branco. Tem uma casa em Mação, onde vem com alguma frequência, mas raramente o encontro por lá.
É meu “colega” colaborador do jornal de Mação, VMT (Voz da Minha Terra) onde, mensalmente, escreve a rubrica: “Perto do Princípio”.
Apareceu-me ontem (14/10) em destaque na última página do DN. Que era artista de luxo, com várias exposições em sítios nobres, já eu sabia, agora artista do lixo?!
(Tenho pendurada na adega/garrafeira do Pelóme uma serigrafia do Colaço. Partilho-a convosco, assim como um conjunto de fotos de uma exposição do autor, em 2012, no Hotel de Santa Margarida, em Oleiros.)

 

1.jpg

 

14.jpg

 

5.jpg

 

6.jpg

 

7.jpg

 

8.jpg

 

9.jpg

 

10.jpg

 

11.jpg

 

12.jpg

 

13.jpg

 

4.jpg

 

3.jpg

 

 

21.jpg

 

 

20.jpg

 

 

18.jpg

 

  

 

 

 

 

A FAMÍLIA

15.10.16 | asal

A PALAVRA DO PAPA na carta do nosso bispo. Leitura muito agradável e profunda (sublinhado nosso).

 

IDEOLOGIA E POSTURAS QUE AMEAÇAM A FAMÍLIA – 14-10-2016

Portalegre 19-05-2012 058.jpg

No dia 1 de outubro, em Tbilisi, na Geórgia, o Papa Francisco, em ambiente próprio e descontraído, respondeu a perguntas de várias pessoas que participavam nesse encontro. Entre muitas, surgiu a pergunta de Irina, uma senhora casada com Zurab e mãe de dois filhos. Percebe-se que a pergunta procurava saber como viver a fé no casamento e como acompanhar os casais, também os que vivem dias menos bons.

O Papa, conforme nos dá conta L’OR, foi falando, despreocupadamente, expondo princípios e apontando pistas: “E agora, Irina, … como é a fé no casamento? O casal é a coisa mais linda que Deus criou. A Bíblia diz-nos que Deus criou o homem e a mulher, criou-os à sua imagem (cf. Gn 1, 27). Ou seja, o homem e a mulher que se tornam uma só carne são imagem de Deus. Eu seguia-te cheio de compreensão, Irina, quando explicavas as dificuldades que muitas vezes acontecem no casal: as incompreensões, as tentações... «Bem, resolvamos a situação pela via do divórcio; deste modo eu procuro outro para mim, ele procura outra, e começamos de novo». Irina, sabes quem paga os custos do divórcio? Pagam duas pessoas, quem? [Irina responde: ambos os dois] Só os dois!? Mais alguém! Paga Deus, porque, quando se separa «uma só carne», mancha-se a imagem de Deus. E pagam as crianças, os filhos. Vós não sabeis, queridos irmãos e irmãs, vós não sabeis quanto sofrem as crianças, os filhos pequenos, quando veem os litígios e a separação dos pais. Deve-se fazer todo o possível para salvar o casamento.

Mas, é normal litigar no casal? Sim, é normal. Acontece. Às vezes «voam os pratos». Mas, se é amor verdadeiro, então imediatamente se fazem as pazes. O meu conselho para os esposos: litigai quanto quiserdes, litigai enquanto quiserdes, mas não acabeis o dia sem fazer as pazes. Sabeis porquê? Porque a «guerra fria» do dia seguinte é muito perigosa. Quantos casais se salvam, se tiverem a coragem, no final do dia, de fazer não um discurso mas uma carícia e assim… foram feitas as pazes! É verdade, porém, que existem situações mais complexas, quando o diabo se envolve e coloca diante do homem uma mulher que lhe parece mais bonita do que a sua, ou quando coloca na frente da esposa um homem que lhe parece mais despachado do que o seu. Pedi imediatamente ajuda. Quando vem esta tentação, pedi ajuda imediatamente. E, com isto, chegamos ao que tu [Irina] dizias a propósito de ajudar os casais. Como se ajudam os casais? Ajudam-se com o acolhimento, a proximidade, o acompanhamento, o discernimento e a integração no corpo da Igreja. Acolher, acompanhar, discernir e integrar. Na comunidade católica, deve-se ajudar a salvar os casais.

Há três palavras, que são palavras de ouro na vida matrimonial. Eu perguntaria a um casal: «Amais-vos?» – «Sim»: dirão eles. «E quando um faz algo pelo outro, este sabe dizer obrigado? E se um dos dois faz alguma diabrura, sabe pedir desculpa? E, se um tem uma ideia em mente, como [por exemplo] passar um dia fora ou qualquer outra coisa, sabe pedir a opinião do outro?» Três palavras: «Que achas? Posso?»; «obrigado»; «desculpa». Se, nos casais, se usam estas palavras: «Desculpa-me, errei»; «posso fazer isto?»; ou «obrigado pela boa refeição que me preparaste». «Posso?», «obrigado», «desculpa»: se se utilizam estas três palavras, o casal continuará sem dificuldade. É uma ajuda. Tu, Irina, mencionaste um grande inimigo atual do casamento: a teoria do gender. Hoje está em ato uma guerra mundial para destruir o casamento. Hoje existem colonizações ideológicas que o destroem, não com as armas, mas com as ideias. Por isso, é preciso defender-se das colonizações ideológicas. Se houver problemas, fazei as pazes o mais depressa possível, antes de acabar o dia, e não esqueçais as três palavras: «posso», «obrigado», «perdoa-me».
O Santo Padre terminou as respostas às várias questões que lhe foram colocadas, fazendo um forte apelo a todos os georgianos que bem o podemos acolher como que se fosse para todos nós: “… a todos … peço, por favor, que vos defendais da mundanidade. Jesus falou-nos tão fortemente contra a mundanidade; e, no discurso da Última Ceia, pediu ao Pai: «Pai, defende-os [os discípulos] da mundanidade. Defende-os do mundo». Peçamos, todos juntos, esta graça: que o Senhor nos liberte da mundanidade; que nos faça homens e mulheres de Igreja; firmes na fé que recebemos da avó e da mãe; firmes na fé que é segura sob a proteção do manto da Santa Mãe de Deus.”

ANTONINO DIAS

ANIVERSÁRIO

15.10.16 | asal

PARABÉNS, ROGÉRIO!

Rogério Roque Almeida.jpg

 

Mais um amigo nosso faz anos hoje, dia 15/10. Rogério Roque d'Almeida, um Sr. Engenheiro a viver em Castelo Branco, que não falta às sessões de lampreia e a um bom encontro de amigos.

Meu caro, saudamos-te vivamente e desejamos que os teus aniversários se repitam por muitos anos com saúde e felicidade. Um abraço de nós todos. Vale, amice!

Contacto do Rogério: tel. 914766053

A COMISSÃO INFORMA

14.10.16 | asal

NOVO COMUNICADO CONVIDA A NOVO ENCONTRO

 

 

ASSOCIAÇÃO DOS ANTIGOS ALUNOS DOS SEMINÁRIOS DA DIOCESE DE

PORTALEGRE E CASTELO BRANCO - Comissão Antigos alunos SPCB (comasalpcb@gmail.com)

 

CIRCULAR

ALMOÇO-CONVÍVIO DE 12 DE NOVEMBRO DE  2016

(SÁBADO)

 

Local do Almoço: Santuário de Nossa Senhora da Rocha

 

Localização: Entre Carnaxide e Queijas

 

Caros Amigos,

Tal como em anos anteriores, vamos, este ano, fazer um encontro, de um dia, nas imediações do Santuário de Nossa Senhora da Rocha, em Carnaxide, no dia 12 de Novembro de 2016, sábado, para comemorar o S. Martinho, comendo castanhas e provando o vinho, para além dos habituais abraços que nos animam nesta caminhada.

 Teremos um almoço volante, de febras, entremeadas e afins, a partir da 12H30, seguido de magusto, à nossa moda, a preços reduzidos, cujo montante será indicado, na altura.

 Todos teremos oportunidade de mostrar os nossos dotes culinários, apresentando, nomeadamente, os respetivos vinhos, aguardentes, doces e docinhos, com que nos iremos presentear uns aos outros…

 Inscrições a fazer para qualquer dos elementos da comissão: Heitor- -967 421 096 –Nogueira 919 482 371-Pires Antunes-919 414 179 – Mendeiros Pedro – 969 015 114 – A. Henriques -917 831 904.

Pela Comissão

Joaquim Mendeiros

ANIVERSÁRIOS

14.10.16 | asal

PARABÉNS, AMIGO!

J. Abreu.jpg

Chegou o teu dia, João José Carrajola Abreu! Nasces em Portalegre, naquele ambiente simples e humano dos anos cinquenta e três, convives com muita gente ligada ao Seminário, passas por lá, cursas Direito e hoje és ilustre advogado aqui perto de Lisboa, na outra banda - Almada!

E os anos vão passando, com um natural enriquecimento pessoal, novos compromissos familiares, até que... eu sei lá onde vamos parar.

João, obrigado pela amizade que tens por nós! Ficam os nossos parabéns  e votos de muito longo viver em felicidade, na companhia de quem mais gostas. Se aparecesses na Parreirinha de Carnide é que era bom. Hoje, encontram-se lá alguns amigos.

Fica o teu n.º de telefone: 934 554 000.

 

UMA VIDA EM TESTEMUNHO

12.10.16 | asal

UMA HISTÓRIA DE VIDA

 

A minha irmã Maria dos Prazeres, uma das Irmãzinhas de Jesus, entusiasmou-se com o blogue que o irmão edita e com ele se vai distraindo. É uma das pessoas que diariamente nos visita e nele já publiquei os seus comentários. O seu trabalho também dava para outro blogue! Mas, à falta dele, aqui deixo o seu testemunho de vida e algumas fotos que vão encantar… AH

 

Os meus últimos anosPRAZ.jpg

Ontem tive a visita do meu irmão António Henriques e ele incitou-me a escrever para o seu Blogue. Então, eu enchi-me de coragem e cá estou eu a escrever! Pouca coisa de cada vez, pois isto cansa-me muito.

Começo por contar algo da minha vida, que foi a razão de estar aqui...

Estou nas Irmãzinhas dos Pobres em Campolide, uma casa que acolhe os velhinhos, os mais pobres, sobretudo que tenham reformas pequenas.... Eu tenho uma reforma pequena, mas em princípio também não acolhem Irmãs doutras congregações.... Então eu tinha as portas todas fechadas!...

Aconteceu, no entanto, que a responsável das Irmãzinhas de Jesus era espanhola, e a responsável das Irmãzinhas do Pobres também! Então, elas se encontraram, falaram sobre a minha situação e as condições difíceis em que estava na minha congregação por causa da doença e o impossível aconteceu!...

Passado pouco tempo, a Madre de Campolide disse-me que eu poderia entrar quando quisesse...

Entrei em julho de 2014... 

Graças a Deus, desde o primeiro dia sempre me senti bem, tenho um quarto espaçoso e uma casa de banho individual.... Sinto que aqui agora é a minha casa.... Não sou privilegiada, pois todos os residentes têm as mesmas condições.... Somos 90 residentes, alguns já cá estão há mais de 20 anos.

 

 A minha doença - Parkinson....

 

Estava eu na Palestina, em Nazaré, tinha 58 anos e comecei a sentir que a minha perna direita tremia... no princípio não fiz caso .... depois fui dizendo às minhas irmãzinhas, tinha nessa altura algumas que eram enfermeiras.... fui ao neurologista e ele mandou-me fazer vários exames. Depois, quando fui saber o resultado, disseram-me que estava tudo bem.... Eu é que não me sentia muito bem, mas pronto, lá fui anPrazeres.jpgdando e tentando esquecer. Vivi assim durante 2 anos e meio, sem nenhum tratamento. Então, comecei

a sentir-me cansada e dizia: - Eu tenho Parkinson....

Depois vim para Portugal, falei com o meu irmão António e com a minha cunhada Antonieta e ela logo me marcou uma consulta particular, num neurologista muito bom. Em fins de Maio de 2005, lá vou à consulta do Dr. Mário Miguel Rosa e ainda hoje continuo com ele. Quando ele me viu entrar no seu consultório e lhe contei a minha história, «sim,

A Prazeres, as Irmãzinhas e a família quando entrou

irmã, diagnosticou muito bem, tem realmente Parkinson».

Então  chorei... Quando alguém te confirma, que hás-de fazer? Ainda tinha esperança que fosse mentira...

 

O andarilho e a cadeira de rodas…

 

Quando entrei aqui, ainda me movimentava sem apoios.... mas, passado algum tempo, comecei a ter dificuldade em andar. Então as Irmãs deram-me um andarilho de três rodas para me amparar, mas, passado algum tempo, comecei a ter cada vez mais dificuldades e caía muitas vezes com andarilho e 

tudo.

Deram-me então uma cadeira de rodas!Agora, pensei eu, isto é até ao fim da minha vida...Na última vez que fui ao médico ele receitou-me um novo medicamento e, pouco a pouco, de há um mês para cá, fui sentindo um novo equilíbrio e, saindo da cadeira de rodas, comecei outra vez a andar com andarilho, claro…. Imaginem a minha alegria!!!

 

O meu trabalho

 

PRAZ3.jpgGraças a Deus que, mesmo assim, na cadeira de rodas ou com andarilho, continuei sempre a trabalhar, as mãos e braços estavam bons... As Irmãs me encorajaram a trabalhar o barro, pois já na minha Fraternidade fazia este trabalho...

Então, as minhas Irmãzinhas de Fátima dão-me o barro e eu faço as figuras do presépio com os moldes próprios que eu tenho e, quando tenho já alguns trabalhos acabados, mando para lá para elas os cozerem... e assim vamos vivendo.

 

Os presépios

Como sou eu que organizo o meu tempo, devagarinho vou fazendo muita coisa. Já tenho aqui muitos, mas muitos presépios para a exposição! Faz-me lembrar a minha mãe que dizia: «eu não quero ir para a televisão... prefiro trabalhar.... Estás a ver aquelas que lá estão, estão à espera da morte»!

Tenho a colaboração de algumas pessoas, entre elas sobretudo o meu irmão Luís e a minha cunhada Adelina.... São eles que me trazem as lindas pedras onde colo as minhas figurinhas de barro... e também tenho a ajuda preciosa das minhas irmãzinhas que me levam e trazem de Fátima os meus Meninos Jesus e os presepinhos de barro que lá vão ser cozidos...

PRAZ5.jpg

 

A venda de Natal

 

Vai começar agora uma venda de Natal, onde se vende muita coisa ...são sobretudo trabalhos feitos à mão pelas utentes... Todos colaboram o mais que podem, embora hajam muitos que já não podem.

As pessoas vêm de fora comprar os artigos desta exposição. E eu estou a pedir que também venham cá os que estão a ler a história da minha vida.

Por exemplo, eu pago 300 euros por mês, é a minha reforma, e as Irmãs ainda me dão 50 euros para as minhas pequenas despesas. Ora eu sei que as Irmãs têm que ir pedir para que tudo isto funcione…

Graças a Deus que há muita gente boa que nos ajuda...

 

Maria dos Prazeres

PRAZ1.jpg

 

PRAZ2.jpg

 

PRAZ5.jpg

 

PRAZ7.jpg

 

PRAZ6.jpg

 

PRAZ8.jpg

Visitámos a sua sala de trabalho, cheia de luz e flores

PRAZ9.jpg

 

PRAZ10.jpg

 

 

MAIS PARABÉNS!

11.10.16 | asal

Chegou a tua vez, João Chambel Isidro!

 

20161010_085621.jpg

IMG_1340.jpgNeste dia 11 de Outubro, passaste para a faixa dos sexagenários. E continuas a viver com toda a energia de quem está no mercado a defender e desenvolver uma marca com nome. Todos a conhecemos, pelo menos aqueles que têm acorrido aos nossos encontros anuais.

Aqui registo a alegria de ver amigos a avançar na idade e no sucesso; aqui ficam também os parabéns de todos nós e os votos de longa vida em saúde e felicidade. Se não mudou, é para este n.º que vamos telefonar: 939 426 186.

E conta connosco um dia, numa visita às tuas instalações da Atalaia do Gavião...

 

 

ÚLTIMA HORA:

Soubemos que outro colega também faz anos neste dia 11/10.

É o  Sidónio Arnaut Pessoa, de quem não temos mais dados.

O seu telefone tem o n.º 917 531 990. 

PARABÉNS... Que vivas bem e em felicidade.                                             

PARABÉNS!

10.10.16 | asal

É a tua vez, Tó Manel!

tó Manel.jpg

 

Aos 10 dias do mês de Outubro de 1954, nasceu uma criança do sexo masculino, com o nome de António Manuel Martins da Silva, etc...Assim se terá registado a data.

tó.jpg

Aqui se registam os parabéns da malta a um colega que vive intensamente os dias e ainda tem tempo de celebrar o aniversário. Sexagenário convicto há dois anos, vive nos Vales (Cardigos) e, mesmo reformado, dedica-se com gosto a ensinar sei lá onde?! Em Proença, na Universidade Sénior, é reitor e depois é conferencista, investigador, fotógrafo nos nossos encontros e nas diversas actividades locais, que nele encontram um grande dinamizador.

Amigo, aqui expressamos a nossa grande admiração pela tua pessoa! E fazemos votos de longa vida, cheia de felizes realizações pessoais.

Vá lá! Alegrem o homenageado: Telefonem para o 966 268 995..

HOMENAGEM A GUTERRES NA VOZ DO COLAÇO

08.10.16 | asal

PARA MEMÓRIA FUTURA

Colaço.jpgTodos os portugueses vivem com genuína alegria a eleição de António Guterres para a mais alta instância internacional. Com ele, muito próximo, trabalhou o nosso colega e amigo António Colaço, que no seu blogue pessoal "ÂNIMO" postou foto célebre.

Trazemos para aqui as boas memórias do António Colaço como homenagem ao novo Secretário-geral da ONU.

Clicar no link seguinte, um post do ÂNIMO:

http://animo.blogs.sapo.pt/parabens-camarada-secretario-geral-1354137

 

ALEGRIA!

08.10.16 | asal

Mensagem do Joaquim Nogueira

 

«Meus Amigos:

Nogueira.jpg

Tenho tido conhecimento das  vossas (nossas) atividades.

Infelizmente, não pude dar o meu contributo, por motivos que foram, posso dizer, dramáticos, como acabaram por ser

informados. Realço o trabalho do A. Henriques e do Mendeiros.

Estou a recuperar, como tenho escrito, mas a recuperação é muito lenta. Ao fim de 20 minutos de caminhada, estou cansado. Por isso, frequento sessões de fisioterapia 3 vezes por semana .

Embora já pudesse ir à Parreirinha, tenho evitado a confusão e barulheira do restaurante e a minha dificuldade em falar.

Apesar das deficiências  que, ainda, “carrego”, poderei ,já, dar algum apoio, v.g. encontro Linda a Pastora.

Na verdade, dizem-me que serão necessários ainda alguns meses para ficar, mais ou menos, igual ao que era. Ainda não conduzo, sendo as minhas filhas que me dão apoio.

Como já o fiz, aproveito para agradecer as atenções que tiveram comigo e com as minhas filhas Isabel e Cristina, que me foram comunicando o interesse demonstrado perante o meu estado de saúde.

Para terminar, confesso que foram 4 itens que me ajudaram a sobreviver:  a minha Fé, a competência e o interesse da equipa de médicos e cirurgião ( fui operado 2 vezes) que foram impecáveis, igualmente dos(as) enfermeiros(as) e do pessoal auxiliar do HOSPITAL PULIDO VALENTE, que continua a seguir-me.

 

Se quiserem colocar esta informação no ANIMUS SEMPER, agradeço.

 

Um abraço para todos e a amizade do NOGUEIRA.»

Dia de almoço na Parreirinha de Carnide!

07.10.16 | asal

Foi bom!

Parreirinha1.jpg

 

Não podia ter corrido de melhor maneira. Os últimos figos chegaram pelas mãos da Adelina e Mendeiros. Produto das figueiras que, nesta época, fizeram as delícias dos convivas. E acompanhados pela poesia do Mendeiros que o António Henriques nos fará chegar através da edição na Animus Semper (Blogue e Face associado).

Comeu-se bem e o convívio ainda melhor.

Figos sobraram... uns vieram para casa e uma caixa para o pessoal do simpático restaurante que, todas as sextas feiras, nos aturam.

De registar que, desta vez, fomos vigiados.... por quem? As senhoras começam a ficar rendidas a este são convívio semanal.

A propósito, o Face tem sido um sucesso! São os assuntos do dia a dia, os artigos mais elaborados do Tonho Henriques, do Tó Manel dos Vales, a fotos e a veia artística do Francisco Amaro e a colaboração variada de tantos outros. Está em perfeita harmonia com o Blogue.

Uma nota: está em preparação o S. Martinho que, este ano, vai ser comemorado na Senhora da Rocha, em Carnaxide.

Mãos à obra!

MPiresAntunes

Parreirinha.jpg

 

Parreirinha2.jpg

 

 

Os meus figos

Hoje, fui aos figos

E falei com as figueiras.

Disse “obrigado”, agradecido,

Em meu nome e dos amigos,

Pela colheita deste ano,

Mas nem ai nem ui ouvi,

Como se falar com elas

Fosse puro engano!

Mas não…

Quando me despedia,

Já com a cesta cheia,

Disse-me a mais nova,

Bonita e vaidosa

Com ar de sereia:

“Escuta! Também disseram o mesmo

Muitos passarinhos,

Melros, papa-figos e pardais…

Se fores a Lisboa,

Diz aos teus amigos

Que para o ano há mais” …

 

Mendeiros – Sesimbra, 7.10.2016

OS DADOS DO ÚLTIMO MÊS

07.10.16 | asal

Vamos aprendendo todos os dias. Em vez da salgalhada de ontem, apresento-vos hoje os mesmo dados com um dia de diferença. Eis os dados:

mês.jpg

 

Meus amigos, talvez seja estar a olhar para o umbigo, mas estas são as estatísticas que automaticamente aparecem acerca das visualizações do último mês. Alguém passa por aqui todos os dias, não obstante eu seja o primeiro a estar insatisfeito e querer mais participação dos que se revêem neste grupo dos Antigos Alunos dos seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco. Estamos vivos! AH

Top Páginas (visualizações últimos 30 dias)

07.10.16 | asal
  1. Página inicial - 1.461                                                                          
  2. AMORA AGRADECIDA - 885
  3. CITADINO SOFRE... - 75
  4. EXPOSIÇÃO 100 ANOS DE ARTE EM ABRANTES - 64
  5. ÚLTIMAS PALAVRAS - 52
  6. TEXTO DO SR. BISPO - 47
  7. Visitei o P. Luís - 46
  8. PARABÉNS! - 38
  9. MAIS PARABÉNS! - 36
  10. PALAVRA DO SR. BISPO - 28
  11. QUE INVEJA... - 28
  12. PARABÉNS! - 28
  13. Aprender a comentar os textos - 28
  14. JOAQUIM MANSO - 27
  15. PARABÉNS! - 26

 2.121 - Visitas   /             74 - Média diária de visitas  /                                               

 
3.407 - Visualizações  /  118 - Média diária de Visualizações
    
 
 
Meus amigos, talvez seja estar a olhar para o umbigo, mas estas são as estatísticas que automaticamente aparecem acerca das visualizações do último mês. Alguém passa por aqui todos os dias, não obstante eu seja o primeiro a estar insatisfeito e querer mais participação dos que se revêem neste grupo dos Antigos Alunos dos seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco. Estamos vivos!
 
 

MAIS PARABÉNS!

06.10.16 | asal

À ÚLTIMA HORA,

José Luís.jpg

 

Saudamos mais um aniversariante, daqueles que chegaram à ultima hora (pediu amizade à nossa página do Facebook há algumas horas!) mas recebem o mesmo soldo que os primeiros que aqui estão desde o princípio, como diz a parábola do Evangelho. E até vai com foto roubada por boa causa!

É o José Luís Eugénio Lopes, de 58 anos (um jovem...) e vive na Sertã.

Parabéns, José Luís! Desejamos-te muita saúde e muitos anos de vida em felicidade.

Ainda não temos o seu n.º de telefone.

ANIVERSÁRIO

06.10.16 | asal

Seis de Outubro, dia especial

Lopes.jpg

 

para o José Eduardo Mora Alves, que está na casa dos 67 e a quem desejamos muita saúde e longa vida em felicidade. Não temos foto deste colega, como de muitos outros, infelizmente. Publicaremos foto se ela chegar. Mas podemos alegrar o dia do José Eduardo com um telefonema para o 919 245 952.

Ao colega ofereço um poema de Fernando Pessoa na voz de Ricardo Reis:

 

«Sê todo em cada coisa. Põe quanto és

        No mínimo que fazes.

Assim em cada lago a lua toda

       Brilha, porque alta vive.»

 

NOTA: Ora aqui está o que é o trabalho colectivo. Digo que não tenho foto e o José Ventura Domingos vai perder tempo à procura da dita foto, encontra-a e envia-a. Aqui está o José Eduardo (à esquerda) em conversa com o Ventura no Encontro de Abrantes.

Estou mesmo encantado com tais amigos. Assim, o aniversário do José Eduardo Mora Alves tem a festa completa, com este foguetes. É para isto que serve o nosso blogue: de surpresa em surpresa até ao encontro final. Andamos todos com sede de amizade. AH