Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Animus Semper

PROFESSOR - EMANUEL SILVA

Do livrinho "Olá, Professores II", estamos a apresentar a homenagem a cada um dos professores. Na sequência dos dias, terão o texto dedicado a um dos professores, com as fotos e as actualizações possíveis. Esta é a última homenagem deste livrinho. Para o ano continuamos...

 

Emanuel André Matos Trolho Bicho e SilvaEmanuel Silva.png

 

Nasceu em Abrantes, a 12 de novembro de 1966

Foi professor de História das Religiões, entre outras disciplinas

 

 

Olá, Professor Emanuel Silva!

 

Era uma vez

 um professor de História...

Mas não era uma história qualquer,

como a de Portugal

Universal,

ou outra igual!

 

Nem era como aquelas

que terminam mal ou bem,

conforme se contam por aqui,

por ali ou por além…

 

Emanuel.jpg

 

Era a história

que ao longo dos tempos

confronta os homens

com a vida e o mundo,

e os pensamentos,

que os interpela

e os inquieta,

 

com eles mexe e remexe,

e se trava de razões…

 

Era a História das Religiões!

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          Em funções em Fátima

J. Mendeiros

 

NOTA:  O Sr. Cón. Emanuel Matos Silva  foi ordenado presbítero a 14 de julho de 1991 e nomeado cónego a 11 de junho de 2000. Já desempenhou outras funções, inclusivamente foi nomeado Vice-Reitor do Santuário de Fátima em 13 de setembro de 2013. Presentemente, é Vigário Episcopal para o Clero, Vocações e Ministérios (incluindo a Vida Consagrada Religiosa e Laical), Diretor do Boletim Pastoral, Reitor do Seminário Diocesano, Secretário da Comissão Episcopal  das Vocações e Ministérios e Pároco da Sé, em Portalegre. E não sei se não haverá por aqui alguma incorrecção... Bom trabalho, amigo! AH

PROFESSOR - AMÂNDIO MATEUS

Do livrinho "Olá, Professores II", estamos a apresentar a homenagem a cada um dos professores. Na sequência dos dias, terão o texto dedicado a um dos professores, com as fotos e as actualizações possíveis.

Amândio Mateus.png

 

Amândio Trindade Neves Bártolo Mateus

 

Nasceu no Estreito, a 14 de julho de 1963

 Foi professor de Grego

 

 

Olá, Professor Amândio Mateus!

 

 

Poderá haver

uma linha imaginária

entre a realidade e a ficção

quando a realidade é ficcionada

e a imaginação se espraia

pelo espaço,

sem limitação?

 

Talvez sim ou talvez não…

 

Será por isso,

que nos vemos gregos

para percecionar o traço

da separação.

É da criatividade de seres visionários

Amândio P..jpg

que nascem os heróis

da expressão literária

de que se alimenta o sonho dos alunos…

 

Como os versos em hexâmetro da Ilíada

e a linguagem épica da Odisseia

semelhantes ao canto

imaginário, da sereia!

 

 J. Mendeiros

 

NOTAS - Esta segunda foto, de há dois anos, espelha melhor a visão actual do nosso professor, ainda por cima numa composição de lugar mais consentânea com a sua missão;

            - Neste momento, deixou o Grego e até o Latim, para se dedicar a outras acções. Além de ser Membro do Colégio dos Consultores e do Conselho Presbiteral da Diocese, é Arcipreste de Abrantes e pastoreia as paróquias de Mação, Aboboreira, Penhascoso e Ortiga. Se um dia pensarmos fazer um Encontro em Mação, teremos neste amigo um forte apoio, não é verdade? Kale nuctos, Sr. Professor, ti kainon?

 

 

PROFESSOR - JOÃO ESTEVES FILIPE

Do livrinho "Olá, Professores II", estamos a apresentar a homenagem a cada um dos professores. Todos os dias terão o texto dedicado a um dos professores, com as fotos com as actualizações possíveis.

 

João Esteves Filipe

João Estev. Filipe.png

 

Nasceu em S. Miguel d’Acha, a 10 de junho de 1951

Foi professor de Francês, História e de Estudos Sociais

 

 

Olá, Professor João Filipe!

 

Salut! Ça va?

“Deste” Francês, História,

Estudos Sociais… e que mais?

Muito se pode aprender e ensinar

quando se quer

e se vê para lá do cais!

 

A vida é uma viagem,

por este mundo

e é, assim, com ou sem glória,

que se faz história.

Partem naves e navios,

entra gente de todos os modos e feitios

falando línguas, dialetos,João E Filipe.png

clamando por justiça e por afetos,

e o professor sempre cá está,

fazendo de mãe, de pai…et voilà!

 

É a sociedade em ebulição,

a dizer que está viva,

e não anda por aí, à deriva.

São as pessoas, cada qual com seus problemas,

difíceis ou banais,

como ensinaste nos Estudos Sociais…

 

J. Mendeiros

 

NOTA: Presentemente, é Pároco de Salvaterra do Extremo, Monfortinho, Salvaterra do Extremo, Segura e Toulões. Mas esta segunda foto denuncia outras funções de se lhe "bater a pala". Quem completa a informação? Boa noite, Sr. Prior!

PROFESSOR - MANUEL MENDONÇA

Do livrinho "Olá, Professores II", estamos a apresentar a homenagem a cada um dos professores. Todos os dias terão o texto dedicado a um dos professores, com as fotos com as actualizações possíveis.

 

Manuel Lopes MendonçaM. Mendonça.png

 

 

Nasceu em Alcains, a 1 de fevereiro de 1948

Foi professor de Biologia, entre outras disciplinas

 

 

Olá, Professor Manuel Mendonça!

  

Tem muito que se lhe diga,

o estudo da vida!

Os seres vivos,

a origem e a evolução

das espécies, a Biologia.

Foi isso que ensinaste,

como professor, no dia a dia.

 

Biologia celular, molecular,

genética,

células, genes e moléculas,

o funcionamento dinâmico

Manuel Mendonça.jpg

dos organismos,

ciência paralela, mas diferente,

do múnus que escolheste,

sempre presente.

 

São dois caminhos

que se cruzam na bioquímica do ser,

homem de carne e osso,

racional,

e alma, invisível, espiritual.

 

J. Mendeiros

 

NOTA:  É um dos habitués dos nossos encontros, onde ele se sente sempre como peixe na água. Aqui está o nosso amigo, P. Manuel Lopes Mendonça, com toda a sua exuberância no Encontro de Marvão.

A sua recente actividade desdobra-se pela funções de Assistente diocesano do CPM (Centro de Preparação para o Matrimónio) e Pároco de Alvega, Bemposta, São Facundo e Vale das Mós. Votos de um feliz apostolado!

PROFESSOR - FERNANDO FARINHA

Do livrinho "Olá, Professores II", estamos a apresentar a homenagem a cada um dos professores. Todos os dias terão o texto dedicado a um dos professores, com as fotos com as actualizações possíveis.

F. Farinha.png

 

 

Fernando Manuel Jesus Farinha

  

Nasceu nas Cimadas Fundeiras, a 27 de setembro de 1946

Foi professor de Física, entre outras disciplinas

 

 

Olá, Professor Fernando Farinha!

  

São curiosas as leis da física…

Não são leis como as outras,

nem são bem leis.

São mais ou menos científicas,

empíricas, assim, como assim,

algumas assertivas,

mas nem sempre imperativas.

 

Conhecê-las 

é como olhar para o ar

com os pés assentes no chão,

é saber como e porque

um corpo sólido mergulhado

num qualquer líquido,

sofre da parte dele uma impulsão.P. Fernando Farinha.jpg

 

E tantas outras coisas!

É como andar por essas terras, questionando,

e perceber o que é subir,

encosta acima, respirando,

lá no alto, de peito aberto,

e sentir, como em Marvão,

o céu mais perto!

 

J. Mendeiros

 

NOTA: Esta segunda foto é a mais recente do nosso amigo, P. Fernando Farinha, que esteve connosco no Encontro de Marvão em 20 de Maio. 

A sua actividade desdobra-se hoje por uma infinidade de território. Além de Arcipreste e Director do Secretariado da Mobilidade Humana: Migrações, Turismo e Minorias Étnicas, é Pároco de Alegrete, Arronches, Degolados, Esperança, Mosteiros e Reguengo. Muita saúde e uma vida cheia de alegria na sua missão, são os nossos votos.

PROFESSOR - JOÃO PORTELA

Do livrinho "Olá, Professores II", estamos a apresentar a homenagem a cada um dos professores. Todos os dias terão o texto dedicado a um dos professores, com as fotos com as actualizações possíveis.

João Portela.png

 

João Luís Coelho Alves Portela

 

Nasceu em Idanha-a-Nova, a 18 de novembro de 1945

Foi professor de Matemática, entre outras disciplinas

 

 

Olá, Professor João Portela!

  

Olhar a vida

como a matemática, linear,

como ciência exata,

não é maneira de a viver,

da forma mais sensata.

João Portela.jpg

 

 

A vida não se reconduz

a raciocínios lógicos,

e abstratos,

contas e mais contas,

axiomas e definições,

cálculos aritméticos,

estatísticas ou medições.

 

Como bem sabes, professor

de matemática,

há sempre no âmago de alguém,

para além da mente,

muitas emoções,

que em nós florescem e despertam

sentimentos.

Se não para sempre,

ao menos, por momentos…

 

J. Mendeiros

 

NOTA: O João Luís Portela, depois de sair de Portalegre, dedicou-se às Matemáticas, de que tanto gostava e, profissionalmente, esteve nos serviços bancários. Vive em Carnaxide e esta segunda foto é de um Encontro em Linda-a-Pastora, ao lado do Augusto Rei. Como vêem, está todo bonito e nós gostávamos de o ver mais vezes. Um abraço, João! AH

PROFESSOR - BONIFÁCIO BERNARDO

Do livrinho "Olá, Professores II", estamos a apresentar a homenagem a cada um dos professores. Todos os dias terão o texto dedicado a um dos professores, com as fotos com as actualizações possíveis.

 

Bonifácio dos Santos Bernardo

Bonifácio.png

 

Nasceu em Salvaterra do Extremo, a 6 de novembro de 1944

Foi professor de Inglês e de Português, entre outras disciplinas

 

 

Olá, Professor Bonifácio Bernardo!

  

Welcome, teacher, welcome !

A língua inglesa foi apenas um pedaço

do muito que estudaste, aprendeste

e ensinaste…

Não como na juventude,

tempo de interrogações e  inquietude,

mas em que, apressados,

fazíamos num ano, o inglês,

que outros faziam só em três.

“ No, my friend “ !

Tudo isso já passou !

So long !

Também o português,

Bonifácio.png

que se cultiva

como se molda o ferro, na oficina,

já lá vai como “ disciplina “.

O que hoje te faz vibrar

é o sentido da vida, em comunhão,

a mística transformada em alegria,

com paixão…

Esperam por ti outros alunos.

Não deixes que fiquem sem lição,

desligados da vida…enredados na ficção.

 

J. Mendeiros

 

NOTAS: 1 - Graças a umas boas ajudas (não é, Zé Ventura?!), aqui está uma foto mais actualizada do nosso professor, a participar num dos nossos encontros.

2 - Há pessoas tão multifacetadas que nos deixam surpreendidos com tantas capacidades. O nosso amigo, Sr. Cón. Bonifácio, tem só os seguintes títulos e cargos: Director do Centro de Cultura Católica; Deão do Cabido da Sé de Portalegre; Responsável pelo Arquivo dicoesano e pela Biblioteca do Paço Episcopal e do Seminário Diocesano; Promotor da Justiça; Membro dos Conselhos Presbiteral e Pastoral Diocesano; e ainda vai fazer serviço religioso às carreiras. Conclusão: como é que ele pode ir a todos os nossos encontros? Mas vai a alguns...

PROFESSOR - FLORENTINO BEIRÃO

Do livrinho "Olá, Professores II", estamos a apresentar a homenagem a cada um dos professores. Todos os dias terão o texto dedicado a um dos professores, com as fotos com as actualizações possíveis.

 

Florentino Vicente Beirão

Florentino.jpg

  

Nasceu em Alcains, a 23 de janeiro de 1944

Foi professor de Música e de Português

 

 

Olá, Professor Florentino Beirão!

 

 

Ensinaste música, de solfejo,

claves e compassos,

como se ajuda o menino

 que aprende a andar:

que as notas são sete, todas numa pauta,

como se diz ao menino

 que aprende a cantar.

Acordes naturais, maiores e menores,

tons, mais ou menos sentidos,

bemóis e sustenidos…

A música, mesmo não instrumental,

IMG_2148.jpg

é qualquer coisa de sublime,

dimensional!

E português, também,

porque os meninos não sabiam escrever,

distinguir sujeitos, predicados,

conjunções

complementos ou proposições.

Mas nunca fugirás da história,

porque ela te marca, de forma indelével,

e nunca se apaga da tua memória!

A história do tempo é o tempo da história,

de ontem… de agora,

e, assim, será, pela tua vida fora…

 

J. Mendeiros

 

NOTA: O Florentino passou a vida a ensinar nas escolas oficiais e agora, jubilado, continua a investigar, investigar as mais diversas matérias. Com uma tremenda facilidade de expressão escrita, até "dá raiva" ver como dá mostra de tanto trabalho! Parabéns, Florentino! E publica mesmo o resultado das suas horas de trabalho, que nos últimos anos redundaram nos seguintes livros, entre outros: "História de Alcains" (3 vol.), "Restauração da Diocese de Castelo Branco", "A Festa das Papas de Alcains" e, neste ano, "Salazar e a Escola Primária - concelho de Castelo Branco".

O nosso blogue também tem beneficiado das suas explorações, blogue que ele acompanha sempre com entusiasmo. Na segunda foto, aqui o vemos a palestrar no almoço de Marvão. Força, jovem! 

PROFESSOR - MARQUES PIRES

Do livrinho "Olá, Professores II", estamos a apresentar a homenagem a cada um dos professores. Todos os dias terão o texto dedicado a um dos professores, com as fotos com as actualizações possíveis.

 

Manuel Marques Pires

Marques Pires.png

 

Nasceu em Aldeia de Eiras, a 25 de setembro de 1942

Foi professor de Matemática, entre outras disciplinas

 

Olá, Professor Manuel Pires!

 

As regras são como são.

Nascem da ciência, da observação,

do estudo, da comparação,

na matemática de qualquer um,

como sempre foram e serão.

Como a vida, que a cada passo,

aparece exposta,

como regra de três simples

ou três composta.

Mas são regras reais,

embora, às vezes, mais pareçam virtuais.

Ensinaste números, fórmulas e potências

quantidades e medidas,

e outras valências…

Mas era o alemão que te empolgava,

o que nos divertia e baralhava…

Passaste da aprendizagem para o ensino,

e de equação em equação,

mudaste, um pouco, o teu “destino”.

Olhar, agora, para o passado,

é como pegar numa palavra,

que se lança ao vento,

e sentir a emoção em movimento, perene…

E dizer adeus, Auf Wiedersehen !!

 

J. Mendeiros

 

NOTA: O Sr. Cón. Manuel Marques Pires ainda faz parte do Cabido da Catedral de Portalegre, mas, devido aos seus problemas de saúde, encontra-se na situação de jubilado e a viver na paróquia do Reguengo.

PROFESSOR - TARSÍCIO ALVES

Do livrinho "Olá, Professores II", estamos a apresentar a homenagem a cada um dos professores. Todos os dias terão o texto dedicado a um dos professores, com as fotos com as actualizações possíveis.

Tarsício.png

 

Tarsício Fernandes Alves

 

Nasceu na Várzea dos Cavaleiros, a 20 de novembro de 1938

Foi professor de Latim e de Música, entre outras disciplinas

 

 

Olá, Professor Tarsício Alves!

 

Salve! Tempus fugit!

Porém, não há como fugir,

do latim, que nos enraíza as palavras,Tarsício.jpg

e nos oferece grátis,

o radical,

quando dele precisamos,

o suficiente, quantum satis.

 

 

E é uma delícia apreciá-lo,

feito música, forte ou piano

no canto gregoriano…

 

Passar do latim à música,

que ensinaste e cantaste,

de garganta afinada

é como imaginar-te a dirigir um coro

em suaves movimentos,

sem batuta, só com a mão,

depois de apanhado o tom

pelo timbre do diapasão…

18664279_10209297095091522_1306911740728320664_n (

Revive-se o passado, latinando,

mas nunca se esquece o tempo,

quando se vive…cantando!

 

J. Mendeiros

 

NOTA: O P. Tarsício fez questão de estar connosco, como as fotos mostram (aqui, de costas...) e sabemos como no seu currículo a música coral desempenha uma mais-valia, assim como são de destacar as funções de responsável pela aplicação do direito canónico na diocese.