Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Animus Semper

SAIR DE CASA

Sair de casa

Vá lá, não estagnes em casa. Há pequenas escapadas que se tornam agradáveis, até porque sempre encontramos surpresas. Porque não subir até ao Cristo –Rei em Almada?

Hoje, ao chegar, encontrámos o parque de estacionamento cheio, com um bom número de autocarros, para além de um sem-fim de matrículas estrangeiras. Ao sairmos, pelas 18 horas, ainda havia muitos carros.

O espaço circundante tem sido objecto de muitas obras, com uma ala mais dedicada à entrada solene no santuário, com música ambiente; os automóveis foram deslocados mais para a direita. Também já está acabada uma grande capela, toda revestida a verde (exigências arquitectónicas para aquele espaço?), à esquerda de quem entra e por detrás do acolhimento aos peregrinos. Igualmente estão a ser ultimadas as quatro rampas de acesso ao santuário.

Em frente da entrada principal do santuário, estende-se o largo – miradouro sobre Lisboa, bem arranjado, onde podemos olhar para a cruz alta que veio de Fátima, para uma imagem de N.ª Sr.ª do Rosário e, finalmente, é de elogiar a longa vedação em madeira, que protege os visitantes de alguma queda na encosta íngreme.

Atenção! Era grande a fila dos visitantes para irem lá acima… AH