Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Animus Semper

QUE INVEJA...

Ah! Figos de capa rota...

Aqui estão os seis felizardos que degustaram uns figos magníficos que o casal Adelina e Joaquim Mendeiros trouxeram da sua "Horta" de Sesimbra. Capa rota e pingo de mel foram as espécies que deliciaram os nossos estômagos. Depois de um bom almoço na Parreirinha de Carnide. Aliás, o nosso almoço é o almoço das sextas.
A foto foi captada à frente do restaurante.
As melhoras do ZVD-Zé Ventura Domingos que está em franca recuperação da cirurgia às hérnias.
Não esquecendo, claro, o Joaquim Nogueira que prossegue também na sua recuperação. Esperamos poder contar em breve com a agradável companhia de ambos.
Um abraço do
Manuel Pires Antunes

nos.JPGNOTA: Do meu refúgio da Consolação, envio-vos estes apetitosos texto e foto que acabo de receber. Desta vez, por estar longe, nem os cheirei, se é que o aroma é também propriedade dos figos...

Mas lembrei-me dos meus 19 anos e dos 15 ou 20 dias que passei em convalescença de uma operação ao menisco numa pensão da Rua de S. Lázaro, em Lisboa. E todos os dias eu ouvia aqueles costumeiros pregões das ruas de Lisboa, que me acordavam pela manhã. Ainda hoje me é fácil repetir a lenga-lenga, musicada, não obstante estar aqui de castigo, talvez derivado dos excessos que na juventude pratiquei jogando muitas horas de futebol a mais...

"Há figos de capa rota..." --- "Há peixe liendo..." (era isto que eu ouvia, não errei a escrita!). Lindo?

Voltando aos castigos, quero dizer que isto aqui é uma prisão voluntária. E os meus joelhinhos agradecem, mesmo que o Mendeiros ainda não acredite.

Por último, deixo os votos de boas melhoras ao Zé Ventura e ao Nogueira. Quando recebo um novo email do Joaquim, penso logo: isto vai! O homem está cada vez melhor...

AH

 

1 comentário

Comentar post