Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Animus Semper

Olhando para o Encontro - 4

Eduardo Oliveira.png

Mais imagens, mais vida, mais umas caras em evidência...

 

Graças aos conhecimentos que o António Colaço me debitou, posso apresentar hoje mais uma rica colecção de fotos do Eduardo Oliveira, que ilustram maravilhosamente o ambiente do nosso Encontro. Sessenta e um amigos em sintonia são uma riqueza nas nossas vidas. AH

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10211214019533435&set=pcb.10211214036813867&type=3&theater 

 

OUTROS PORMAIORES

As fotos fazem entrever o ambiente deste Encontro, como ainda hoje o Francisco Simão me dizia por telefone: «Vê-se pelas fotos que o encontro foi uma maravilha»!

Mas há coisas que não se conseguem comunicar: é como explicar ao outro o sabor de uma cerveja! Ou experimentas ou nada...

IMG_2455.jpg

IMG_2454.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1 - Como se vai comunicar a atenção destas 60 pessoas às comunicações do José Centeio, do João Lopes, do Florentino? Uma coisa vi eu: a assembleia suporta bem estes momentos de cultura. Parece que estamos todos a pensar que podemos compreender melhor o mundo e suas realidades ouvindo estes amigos.João M. Neves.jpg

 

2 - E como se pode transmitir a alegria do "sempre escuta" João Maria Neves a dizer-me com todo o entusiasmo que faz agora 58 anos que o Escutismo entrou no seminário. Aquele «Sempre Alerta para Servir» moldou as nossas mentalidades, eu sinto-o todos os dias.

Porque é que o João não há-de sentir também esta novidade como marcante no nosso crescimento?

 

3 - E como se transmite a admiração e consideração que os de 63 sentem e sentiam pelo José MariaIMG_2428.jpg (na foto em frente do Colaço), um aluno mais velho que já fazia a barba, ao lado dos restantes imberbes? Por isso, o Colaço insiste comigo:

"Falta mencionar a presença do nosso querido ZéMaria, António. Poucas gerações terão tido o privilégio de termos entre nós, putos imberbes, um paizinho com mais quase 10 anos a fazer a barba e outras cumplicidades!!"

 

 

 4 - Muitas outras virtudes apresentou este encontro. Por exemplo, fica uma foto do Manuel Bugalho em pé...

Que estará ele a arengar?Bugalho1.jpg

Estabelecia as diferenças entre os luteranos e os católicos acerca daquilo que nos salva: para nós é a fé com obras, o que nos conduz a andar sacrificados e dominados pelo medo. Os luteranos, que sentem que é Deus que os salva, procuram antes o sucesso, a alegria... São poucas estas palavras! Se o Manel escrevesse sobre este muito que lá disse, todos agradeciam...

 

OUTROS TERÃO VISTO MAIS PORMENORES COMO PORMAIORES. 

ESPERO A VOSSA COLABORAÇÃO...

António Henriques

 

Mais sobre mim

foto do autor

PORQUÊ

VAMOS COMEÇAR

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D