Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Animus Semper

CONSTRUIR A PAZ

Hoje, 1/01, é dia mundial da paz

Pissarra.jpg

 

A sua construção é uma tarefa de todos e de cada um de nós. Talvez o nosso contributo seja um minúsculo tijolo ou uma colher de sopa de cimento: pequenos gestos e atitudes. Mas nesta construção até um pequeno grão de areia é fundamental e bem-vindo.

Todos precisamos de aprender a oração de São Francisco de Assis. Parece que alguns, ou por dificuldades de aprendizagem ou por que tiveram maus professores, a aprenderam ao contrário.

Deixo-vos um pequeno excerto da última crónica do meu amigo Frei Bento no DN:

"Por desgraça, ensinaram a Donald Trump a oração de S. Francisco ao contrário: onde houver paz, que eu leve a guerra; onde houver amor, que eu leve o ódio; onde houver perdão, que eu leve a ofensa; onde houver a união, que eu leve a discórdia; onde houver a verdade, que eu leve o erro, a mentira; onde houver esperança, que eu leve o desespero; onde houver alegria, que eu leve a tristeza; onde houver luz, que eu leve as trevas.

D. Trump parece ter uma paixão especial pelo caos. Sem a promoção da desordem mundial, sem fazer sofrer, sem fazer chorar, não sabe o que fazer como Presidente dos EUA, um cego guia de muitos cegos.

Não vale a pena diabolizar este senhor da guerra e do comércio das armas. É preferível que todos os cristãos, fundamentalistas ou não, o saibam ajudar a descobrir a verdadeira oração de S. Francisco: onde houver guerra, que eu leve a paz. É muito melhor para todos!"

Bom Ano!

Mário Pissarra